Se gosta de guardar artigos mais elaborados para ler depois, a ferramenta Pocket pode ser para si, adicionando uma extensão no desktop, ou guardando no iPhone/iPad, Android e Kindle Fire.

A startup norte-americana com sede em São Francisco surgiu em 2007 com o nome Read It Later, fundada por Nate Weiner. Atualmente, com um redesenho e rebranding pelo meio em Abril, a ferramenta de bookmarking é grátis e serve para guardar todo o tipo de conteúdos, um pouco ao estilo do Pinterest.

Atualmente o Pocket conta com 4,5 milhões de utilizadores registados, gerido por uma equipa de menos de dez pessoas.

De acordo com o blog do Pocket, no ano transacto foram guardados 240 milhões de conteúdos, tendo sido o artigo mais popular o longo artigo “Obama’s Way” de Michael Lewi publicado na Vanity Fair. Nos vídeos, o mais popular foi o Gangnam Style e o auge na sua viralidade foi alcançado 70 dias depois de o vídeo do sul-coreano Psy ter sido publicado.