O Eurobest, o maior festival de criatividade da Europa, está por Lisboa para premiar trabalhos nas áreas da publicidade, marketing e comunicação, entre os dias 28 e 30 de Novembro. Lisboa conseguiu romper com a tradição do Eurobest, que desde o seu lançamento em 1988 se realizou em cidades europeias diferentes. O sucesso da edição de 2011 fez com este encontro se repita na capital portuguesa também em 2012 e 2013.

No ano em que assinala o seu 25º aniversário, o Eurobest vai estar em vários espaços na Avenida da Liberdade nos três dias do evento, entre o Cinema São Jorge, para as sessões de seminário, de visionamento e um cocktail no primeiro dia, assim como uma festa no Hard Rock Café a meio do festival. A cerimónia de entrega de prémios será dia 30, no Pátio da Galé.

Rei Inamoto (diretor criativo da AKQA), John Hegarty (fundador da BBH), Peter Lord (fundador da Aardman Animations) e Pablo Del Campo (CEO da Del Campo Saatchi & Saatchi) e Olivier Altmann (Publicis France) são apenas alguns dos nomes confirmados.

Pela primeira vez na história do festival decorrem as Academias Young Suits (para accounts, com Kevin Allen) e a Young Marketeers (conduzida por Alex d’Arte), composta por sessões de formação para profissionais das áreas da publicidade, marketing e comunicação. Novidades são também os prémios Independent Agency of the Year e o Golden Palm Award e a categoria Branded Content & Entertainment.

O galardão de Anunciante do Ano já anunciado foi atribuído à Volkswagen, a marca ao longo dos 25 anos de história do Eurobest, recebeu o maior número de prémios.

Eurobest em Lisboa: não há duas sem três…

O Eurobest está implementado na estratégia económica da Câmara Municipal de Lisboa de potenciar a internacionalização da cidade e das indústrias criativas do país, nomeadamente através de sinergias entre o Eurobest, a Lisboa Film Commission e a incubadora de empresas StartUp Lisboa.

No ano passado, o festival contou com 1.500 delegados, de 36 países, tornando-se na edição mais participada de sempre. Este ano, Philip Thomas referiu que a edição de 2012 deveria ter um aumento na ordem dos 25 por cento no número de participações, com base na análise do fluxo de inscrições feita em outubro.