Os erros por parte dos colaboradores das empresas são uma das principais causas dos incidentes internos de segurança de TI que conduzem à fuga de dados corporativos confidenciais, de acordo com os resultados de um estudo sobre Riscos de Segurança nas Empresas Europeias realizado pela Kaspersky Lab em conjunto com a B2B International.

Embora as vulnerabilidades do software utilizado pelo pessoal da empresa seja uma das principais razões dos problemas de segurança informática (39% das empresas reportaram este problema), o volume de incidentes derivado de erros humanos é também muito elevado. Quatro em cada cinco incidentes de segurança TI que tiveram lugar nas empresas ao longo do ano passado estiveram directamente relacionados com erros causados pelos seus empregados.

Aproximadamente 32% dos profissionais inquiridos sofreram perdas de informação confidencial devido a erros dos seus funcionários. Um número ligeiramente inferior de empresas (30%) reportaram incidentes relacionados com a perda ou roubo de dispositivos móveis dos seus colaboradores e as fugas de dados intencionais foram cometidas pelos empregados em 19% das companhias inquiridas.